Bela cidade das Gerais!

Bela cidade das Gerais!
Imagem feita por Sotnas Odlabu em São João Del Rei MG em nov de 2016

E AQUI, OS QUE POR CÁ VIERAM UMA, E CONTINUAM VOLTANDO OUTRAS VEZES!

sábado, 25 de junho de 2016

Ainda expondo meus pretensos pensamentos...

Imagem; Sotnas Odlabu, a imagem feita em Poços de Caldas MG, em jan 2016.

Aviso: Este texto e imagem foram postado na minha pagina FB, porem quando copiei para colar lá, copiei do rascunho que havia feito primeiro e esqueci, e pior, não consigo editar a postagem que contém vários erros de escrita. É isso, resolvi postar cá já editada e compartilhar com os amigos que por cá passam, grato e perdoem qualquer equívoco, abraços, Sotnas Odlabu.



No momento em que observava esta grandiosidade que nos cerca, invadiu meu pensar como alguns semelhantes seres humanos acreditam com todas as forças que são mais importantes que o meio que nos rodeia, e consequentemente nos proporciona viver tão intensos momentos, e gostaria que soubessem que no momento em que resolverem abrir a janelinha do limitado e também diminuto mundinho em que imaginam viver vão descobrir que o que eles imaginavam ser é tão deveras insignificante perante o todo do qual somos uma diminuta parte integrante, e que só, não somos capazes de sobreviver, caso cada integrante deixe de fazer a sua parte. Ah se ainda duvidam, tente lembrar o motivo de sermos "despejados" do local onde somos gerados, pois é este o sentido da vida e não é naquele restrito nascedouro, e sim esta amplitude que nos cerca em sua infinita grandeza abençoada!
Sotnas Odlabu

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Apenas um dos pensamentos deste meu intenso viver...

Imagem feita em Gonçalves MG em abr 2016, por Sotnas Odlabu


Apenas um dos pensamentos deste meu intenso viver...

Não me preocupa nesta minha jornada,
Por saber qual será o meu destino,
Pois eu é que escolho por minha conta e risco,
O meu caminho,
Porém, muito me preocupa sim,
E sempre me corrijo, em minhas atitudes,
E o que de proveitoso posso deixar,
E também as amizades ou saudades por onde passar,
O final, todos nós sabemos qual será, e,
Pois estou certo de que não o percorrerei sozinho!
Sotnas Odlabu