Bela cidade das Gerais!

Bela cidade das Gerais!
Imagem feita por Sotnas Odlabu em São João Del Rei MG em nov de 2016

E AQUI, OS QUE POR CÁ VIERAM UMA, E CONTINUAM VOLTANDO OUTRAS VEZES!

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

FRONTEIRA


Imagem feita em Piracicaba, por Sotnas Odlabu,
no Engenho das Águas, em Nov 2010
 

O que em mim tu fizeste?
É estranho, não me sinto,
Vejo tudo ainda, mas,
Não que eu a conteste,
Algo que fiz a ti, ou estou te ferindo?

Está farta de mim, de minha maneira de ser,
E por isso está partindo!
Suplico-te, não me permita perde-te,
Auto decompor-me e nada mais,
Que outra serventia poderia eu ter?

E sem ti confesso, sou sequer relevante,
Ao passo que junto a ti, ah!
Eu sou um todo em teu viver,
Não tê-la em ser, é ser sem, por querer,

Hei de convencer-te que de ti sou merecedor,
Se não, permita-me ó magia divina,
Não sentir eu qualquer dor,
Entretanto estando eu,
Sem qualquer afronto a ti que seja,

Alegre ou triste, desejo sempre em ti viver,
E que seja de maneira fraterna,
Pois somente em ti existem todos os seres,
Tu és vida, vibrante, e coeterna!

SOTNAS ODLABU



16 comentários:

  1. Sot!!

    A mim parece um poema de plena paixão!!! Engano-me? A mim parece um relato de dor, inclusive, de últimas palavras a uma pessoa amada que não pode se deixar partir.
    Lindo poema. Adorei!

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  2. Para mim, parece uma oração para uma "deusa". Que suas justas preces sejam atendidas, Sotnas! Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Querido Sotnas

    Há uma chama crepitante em seus versos.
    Há um calor pulsando sinalizando o clamor de um coração incendiado.
    Há força em cada palavra mescla de tristeza e esperança, ternuras que se agarram nas entrelinhas...
    Agradeço sua gentilíssima atenção para comigo, sua amizade e seu carinho.
    Conte com o meu.
    Que Deus abençoe atodos nós.

    Fátima Guerra

    ResponderExcluir
  4. Olá, Sotnas
    Há despedidas que nos custam a suportar, com as quais não nos conformamos.
    Que seus desejos sejam atendidos, pois quem faz um poema assim merece ser amado.

    Continuação de boa semana. Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. É divino viver tão perto desta elegância de alma, pois o benefício é esplendoroso, e o caminhar nos faz acertar a direção, certo estou meu amigo que você fala de um paraíso.

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Que Deus enfeite teu dia,
    e beije o teu coração.
    Para que tudo se acalme,
    e tenha um dia de amor,
    de esperança no futuro,
    e muito calor humano .

    Beijos & Flores.......M@ria

    ResponderExcluir
  7. Caro amigo SOTNAS
    Que belo poema! Cheio de paixão e com palavras escolhidas a dedo para representar a dor de um ser abandonado.... adorei especialmente este "coeterna".... me deslumbrou!
    Obrigada por suas maravilhosas visitas ao Pé de Pitanga,seus comentários sempre me deixam muito feliz e na verdade, sempre espero por eles logo que publico alguma poesia.
    Tenha um lindo dia e mais uma vez, parabéns...
    Com carinho, Maria Cecília

    ResponderExcluir
  8. Um belo poema, o amor como sempre inspirando um coração, pelo visto, apaixonado.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Querido amigo,

    Um poema belíssimo e um verso especialmente belo que guardarei pela grandiosidade do sentido:

    "Ao passo que junto a ti, ah!
    Eu sou um todo em teu viver,"

    Carinhoso beijo querido amigo.

    ResponderExcluir
  10. Ei Sot!

    Nada de decepção não, amigo! Como assim? O texto é lindo, uma homenagem à vida, sim, mas também ao amor, por certo!
    Mas fiquei feliz em conhecer a história por trás da poesia, rsrsrs.

    Um beijo

    Carla

    ResponderExcluir
  11. Olá passei para conhecer seu blog ele é not°10, show, espetacular, muito maneiro com excelente conteúdo você fez um ótimo trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilimine seus caminhos e da sua família
    Um grande abraço e tudo de bom

    ResponderExcluir
  12. ...estás versejando à vida,
    poeta?

    maravilha!!!

    bjbjbj

    ResponderExcluir
  13. Sotnas,

    Muito bonito e sensível seu texto.
    Obrigada pela visita e palavras gentis.


    Bjo e um Sábado de Paz.

    ResponderExcluir
  14. Meu amigo Ubaldo, com certeza gostei do seu blog e voltarei outras vezes. Vc é um poeta nato.

    abraço

    ResponderExcluir
  15. Belo poema, apaixonado e promessa de dias mais soalheiros!
    Grato pela sua presença amiga e constante, deixo um abraço e votos de um bom fim-de-semana

    ResponderExcluir
  16. Faça de teu viver uma magia...
    Ofereça sempre uma flor,
    Não guarde no coração rancor.

    Faça de tua Alma vazia
    Um ser de grande esplendor...
    Em teu coração, cultives o Amor!

    (Poeta Dolandmay)

    Feliz Domingo e beijos meus! M@ria

    ResponderExcluir

POSTAGENS