Bela cidade das Gerais!

Bela cidade das Gerais!
Imagem feita por Sotnas Odlabu em São João Del Rei MG em nov de 2016

E AQUI, OS QUE POR CÁ VIERAM UMA, E CONTINUAM VOLTANDO OUTRAS VEZES!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

É um doar e receber, naturalmente!

Imagem feita em São Lourenço -MG , por Sotnas Odlabu
em outubro de 2010

Quanta dor e tristeza,
Infligida, e por ironia,
Pela própria natureza,
Que pelo homem é ofendida,
De modo geral, cego pela avareza,
Segue o que sua própria lei concebe,
Por toda nossa maldade,
E a natureza não se vinga,
Só nos devolve aquilo que nos cabe
Por nossa cruel e doentia vaidade,
Devastamos nossa sustentabilidade,
Quanta tristeza, e destruição,
Ela naturalmente devolve então,
Perderam-se tantas vidas,
Além das perdas pela natureza sofrida,
Era tão certo que chegaria o dia,
Que algo ruim assim aconteceria,
Mas, prevenção e respeito,
Não é nosso forte, com certeza,
Não fazemos nada direito,
É melhor sempre do “nosso jeito”
Quando o correto com a natureza,
Seria algo tipo, uma parceria,
Onde todos doam, e todos recebem,
Ma, isso são apenas detalhes,
Que os racionais humanos,
Ainda, sequer “percebem”!

Sotnas Odlabu 


35 comentários:

  1. Bom dia
    Um alerta sempre atento e oportuno.
    A sociedade e os nossos governantes deixaram de ouvir este tema.
    Hoje todos se preocupam em viver o melhor possível esquecendo-se de preservar e respeitar toda a bio- diversidade.

    Penso que não deveremos ter medo. A natureza encarregar-se-a de fazer a limpeza e ao mesmo tempo a renovação.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Meu Amigo! Seu poema traz a luz aos olhos humanos. Que teimam em fechar para a realidade de nosso planeta.Precisamos aprender a cuidar, a tratar, a amar... Amar a si e ao próximo!
    Todos precisam ler as suas palavras para serem tocados na alma!
    Tenha uma ótima semana, repleta de dádivas!
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  3. e quando estes perecebem a importância dessa parceria,talvez possa ser tarde...
    Que muitos possam vir te ler!
    Um beijo,Querido Sotnas.

    ResponderExcluir
  4. Meu caro Sotnas, esse "nosso jeito" tem deixado a natureza revoltada, é preciso urgentemente fazer essa parceria que você citou,doar para receber.

    Tenha uma excelente semana.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  5. Bom dia querido amigo,

    Fiquei emocionada não só com a beleza da foto, mas pelas palavras cheias de verdades e razão, para nossa tristeza .


    Beijos com carinho amigo.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sotnas! Quando as pessoas recebem o que fizeram por merecer, pensam que a Natureza está se vingando. Esquecem que existe uma ligação lógica entre causa e efeito. Belo poema!
    Pena que não fui eu quem você viu no Clube dos Escritores. Não faço parte do clube. Qualquer dia a gente se fala pessoalmente. Abraço!

    ResponderExcluir
  7. A Natureza que tanto nos tem dado e ser maltratada como tem sido gera indignação em muitos de nós, meu amigo.
    Você muito bem disse neste seu belo poemar, como sempre...
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. É meu amigo infelizmente o homem só pensa no seu próprio umbigo destrói tudo que vê mais um dia com fé em Deus tudo vai mudar só não podemos perder a esperança...
    Sotnas que vc e sua família tenham uma ótima terça feira e que Deus de bastante paz no corações de vcs....

    Beijos de Luz....

    ResponderExcluir
  9. doar-se ..receber.. trocas que são vida!
    lindos versos e lindas fotos..
    beijos..

    ResponderExcluir
  10. Obrigada pela visita no meu cantinho,
    Abraços, Poetíssima #

    ResponderExcluir
  11. Por toda nossa maldade,
    E a natureza não se vinga,
    Só nos devolve aquilo que nos cabe
    Por nossa cruel e doentia vaidade...
    Grande verdade seu texto. Li e gostei... Um abraço.Voltarei mais vezes.

    ResponderExcluir
  12. Olá, Sotnas
    Aos poucos, para não forçar os olhos, vou retribuindo as visitas recebidas.
    Muito obrigada por seu cuidado e seu carinho expressos lá na minha «CASA».

    Este poema, muito bonito, aborda um tema muito importante.
    Repare que os animais, ditos irracionais, não maltratam a Natureza. É o Homem, com toda a sua ganância, que não a respeita nem reconhece o quanto lhe deve. E ela às vezes revolta-se...
    Tenhamos fé em que um dia o Homem reconheça os seus erros e esteja ainda a tempo de reverter a situação.

    Boa semana. Beijinhos
    Mariazita

    ResponderExcluir
  13. Sotnas, voltei para explicar que estou com problemas em comentar como Mariazita. muitas vezes tem que ser como Anónima. Mas vc reconhece-me :))))
    Mariazita

    ResponderExcluir
  14. Sou nova na tua casa !
    Estou ainda conhecendo os comôdos,mas já estou gostando...pretendo passar mais vezes por aqui...pq sou uma admiradora dos seus comentários nos blogs que passas,nossa!como fico encantada com teu jeito de escrever,parabéns !e tens aqui uma adimiradora.
    Bjs para aquecer teu dia...

    ResponderExcluir
  15. Meu Amigo de alma e coração... Você faz parte da alegria que eu estou sentindo... Por essa razão conto com a sua presença em meu blog, participando do sorteio que será realizado!
    Sinta-se carinhosamente abraçado.

    ResponderExcluir
  16. Olá ..
    Gostei daqui.
    Sigo conhecendo..
    beijos meus..

    ResponderExcluir
  17. Oi, Sotnas! Voltei pra agradecer pelos comentários e dizer que não tem problema a confusão de identidade. Aproveito e digo, também, que a foto de S. Lourenço ficou sensacional. Obrigada e parabéns!

    ResponderExcluir
  18. Menino do céu!
    vc não pode me dar "até mais"por favor não use essas palavras comigo,vá mais vezes no meu blog para deixar enfeitado com palavras lindas que só vc sabe escrever.Já te namoro à algum tempo(tuas escritas)e nem sabes,rsrsrsrs,Quero muito que vc seja seguidor no meu blog FOLHAS DE OUTONO...ai serei muito feliz,pois é um blog convitativo,sabe aquela casa que quando vamos não sentimos vontade mais de voltar...lá é assim,rsrsrs,comprova e me diz depois tá...
    Bjs para aquecer teu dia!

    ResponderExcluir


  19. Boa tarde!

    Vim te visitar e deixar minha mensagem:

    "Não há nada no mundo que me faça infeliz, desde que creio em Deus e em mim próprio, feito à imagem do criador". (Hans Willing)

    Que seus dias sejam abeçoados!

    Deus seja contigo!


    Blog Yehi Or!

    www.hajalluz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Não tendo outro meio de comunicação,para contactar venho por aqui só para dizer que tudo que tinha sonhado aconteceu,rsrsrsrs,ter seus comentários no meu blog...prá mim foi a maior honra...sempre encantada com o que escreves,não me pergunte pq...não sei explicar...é uma necessidade que sinto de ler tudo que escreves...te acho um fenonimo na escrita...
    Obg por hj,quado fores lá no meu cantinho outra vez darei uma festa tá,só prá ti,rsrsrs,é verdade...bjs para aquecer teus pensamentos...

    ResponderExcluir
  21. Seu carinho, bem maior na minha vida.
    Muito obrigada.
    Beijo.

    Fátima Guerra.

    ResponderExcluir
  22. Quanto de pior ainda faremos a nos mesmos? fico a perguntar...
    Adorei estar aqui ,volto se permitir ,estou seguindo,bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  23. Sotnas, voltei pra dizer-lhe que a imagem da abertura e do fim do blog são lindas ,mesmo a ultima assustando rs!

    ResponderExcluir
  24. Bos noite prezado amigo
    Linda emocionante e muito sentida seu post.
    Sim o ser humano ainda não se deu conta que a Natureza a essência do Nosso Criador. Que é ela que nos nos mantem vivos, e ao destruir-la, estamos destruindo a nós mesmos, a nossa essência divina.
    É realmente lamentável que a nossa cegueira perante o que está dentro dos nossos olhos e co nosso coração. o Amor " Deus"
    Saudações
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  25. É a propria natureza no seu jeito
    natural, de um lado há beleza
    do outro é animal,
    Uma faz a oferenda, a outra nela se sustenta,
    sem buscar a semelhança aos versos que o poeta apresenta...

    O que fazer é lamentar?
    O tempo passa sem demora, urgindo o bota fora,
    que todos já se atreveu. Alguns já acordados, a ela se dá ao cuidado enquanto outros vivos, não sabem que já morreu...

    Admirável teus poemas, de sensibilidade impar, a desnundar os encantos da natureza.
    Sempre encantada com tuas visitas.

    Tenha um excelente fds...

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  26. Olá, amigo dos versos.

    Que poema lindo esse! Vc disse tudo! Deveríamos respeitar a natureza, mas estamos longe de agir assim. Cada dia que passa mais destruição a mão do homem alcança e tudo isso tem consequências, das quais, muitas delas já pagamos caro. E assim vamos, seguindo na total ignorância da nossa raça tão "racional".

    Abraço

    ResponderExcluir
  27. Sem dúvida, estamos desviando o mundo das suas paredes
    Dia após outro enfraquecemos o cal na areia, a sisudez do cimento vai se perdendo em pouco caso, e a rota em que estamos é a Armageddon. Choremos irmão… pelo que não subsistirá no jardim…
    Ah! se a beleza pudesse ser está formiginha a qual descreves abaixo:

    “Feito uma formiguinha, faço minha parte. Normal, sem ser acomodado, respeito quando sou respeitado, critico se creio estar errado, trabalhador, vivendo minha vida, tentando deixar meu legado, não sou dono da verdade, e procuro sempre não estar de todo errado! Posso até parecer diferente, sem com certeza ser, E SOMENTE POR GOSTAR DE SER EU MESMO!”
    abraços

    ResponderExcluir
  28. Meu amigo fizemos nossa Campanha do Agasalho (Ajude seu irmão a sentir menos frio)foi um susseso de uma olhada e comente o que vc achou..

    Desde ja nosso muito obrigado..

    Um bom domingo...

    ResponderExcluir
  29. Olá, Sotnas
    Estive relendo o seu poema, e parece que ainda o achei mais bonito do que da primeira vez. É o que acontece com escritos de qualidade, quanto mais os conhecemos mais os admiramos.

    Muito obrigada por sua visita à minha «CASA» e seu comentário, de que gostei imenso.

    Um bom resto de domingo e semana muito feliz.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  30. Esse seu poema ficaria excelente para trabalhar em escola numa visão multidisciplinar, em português poderia ser feito com que os alunos criassem músicas, poemas, textos, com reflexão sobre o tema, o homem, a natureza, suas atitudes.
    E trabalharia em outras disciplinas, conforme a disciplina.

    Belíssimo e muito consciente.

    abraço

    ResponderExcluir

POSTAGENS