Bela cidade das Gerais!

Bela cidade das Gerais!
Imagem feita por Sotnas Odlabu em São João Del Rei MG em nov de 2016

E AQUI, OS QUE POR CÁ VIERAM UMA, E CONTINUAM VOLTANDO OUTRAS VEZES!

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Por que ainda sou feliz, pela metade...

imagem feita por Sotnas Odlabu, em Socorro-SP junho de 2012




Deus,
Peço que me perdoe, por esta metade felicidade,
Eu só não consigo me deixar contagiar,
Pela felicidade de alguns, quando na verdade,
Existem tantos que pela dor e tristeza assediados,
Por algumas migalhas de amor viver a implorar,
Não, eu não consigo desta falsa felicidade compartilhar,
Quando as palavras soam falsas, e a intenção mesmo é,
Sempre ao próximo prejudicar,
Sendo assim eu sofro, pelos que nem tiveram chance de ficar,
E pelos que cá estão, mas, jamais se sentiram cá estar,
E por aqueles que ao lixo vivem a revirar,
Impelidos pela fé de, algum alimento,
Tentando chegar ao futuro,
Seguindo em contrária direção,
Ou mesmo vestes rejeitadas encontrar,
E os que pensam estarem suas chances,
Nas mãos de alguns sem qualquer vontade de realizar,
Mas mal sabem os pobres de percepção, que aqueles somente cá estão,
Para a vida de tantos dificultarem e que a felicidade destes alguns é,
Na verdade, a felicidade de alguns é o sofrimento de tantos disseminarem,
Sendo assim não vejo razão para com atroz atitude compartilhar,
Eu sou agradecido a ti pela vida, e por ela sou feliz de verdade,
Mas, neste momento, peço que me perdoe, por não sentir a total felicidade,
Eu somente não acho justo dizer que sou muito feliz,
Quando o sentimento é pela metade!
             Sotnas Odlabu

30 comentários:

  1. Bom dia, estimado amigo, Stonás!

    Tudo bem com você e sua família?

    Obrigada pela explicação dada em meu blogue sobre seu nome.

    Li sua prosa poética, que é que uma conversa, um DESABAFO INTERIOR UNIVERSAL, que pouco a pouco chegará a muta gente.

    A Presidente do, seu país disse, eu escutei na TV, que a pobreza está quase findando, aí, porque todos, SEM EXCEÇÂO, terão, um rendimento mínimo DIÁRIO de 18/20 euros (não sei a quantos reais, essa quantia equivale), e portanto no Brasil deixará de haver pobreza. Juro que ela não estava sonhando, estava bem acordada e me parecia até que estava consciente.

    Assim sendo, amigo Stonás, você vai ser feliz, NA TOTALIDADE, e "terá que fazer um outro post, porque este está desatualizado" porque o seu gigante acordou (ainda não deve ter acordado, na totalidade, porque muita gente, ontem/hoje esteve em festas, na virada) e melhorou muito, económica e socialmente, falando, e então, "a metade" já "não" se justifica.

    Lógico que estou ironizando, porque em todos os países continua havendo muita pobreza, sobretudo de valores, mas 18 euros diários, a mim me sobra, não preciso de tanto.

    Acho que o Homem, a Humanidade nunca se sentirá feliz, na totalidade, caso não, como poderemos explicar as frustrações dos grandes futebolistas, os suicídios de cantores, etc. ? Eles têm montes de dinheiro, que gastam, à toa, e em coisas que lhes dão prazer momentâneo, ou pouco mais. MAS AMOR, ONDE ELE ESTÁ?

    ENFIM, É PRECISO EQULÍBRIO DA MENTE, BOA AUTOESTIMA E AMOR PELO PRÓXIMO, QUE HÁ MUITO POUCO.

    Sei que você postou ontem, e quantos comentários tem aqui? O meu, talvez, seja o primeiro. Em tempo de festas, o mundo "pira", e portanto dar uma palavrinha é coisa para que não há tempo, e quando se dá, é uma frase curta, e o "negócio" está concluído.

    PALAVRAS PARA QUÊ? ESTÁ TUDO BEM À VISTA!

    Lhe desejo um ANO DE 2014 feliz, muito feliz, e se for pela metade, se considere uma pessoa "rica", porque o fruto que fotografou está inteiro, mas é só na árvore, talvez, penso eu.

    Um abraço de muita amizade, e um beijo para você, sua mulher e filhos.

    ResponderExcluir
  2. SOTNAS QUERIDO, UM TEXTO MUITO PROFUNDO E REPLETO DE VERDADES SENTIDAS... COMPARTILHO CONTIGO DO MESMO SENTIMENTO. DEIXO MEU ABRAÇO CARINHOSO E MEUS VOTOS DE UM ANO REPLETO DE PAZ E LUZ.

    ResponderExcluir
  3. Sotnas, seu texto é sincero, veio da alma mesmo!
    Feliz 2014 para você, muita saúde, paz e alegria.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. ...e porém, temos de continuar aempre a acreditar, e fazermos também a nossa parte de boa disposição e alegria...
    Um texto muito belo, amigo...
    Feliz Ano Novo!

    ResponderExcluir
  5. Olá amigo Sotnas,
    Belo, sensível e profundamente tocante o seu texto!
    Amei ler suas palavras sábias e verdadeiras, sem dúvida, nos faz refletir!
    Desejo a vc um Novo Ano promissor, mais feliz, repleto de conquistas e vitórias.
    Grata por seu carinho e amizade.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Olá, amigo. Que tudo esteja bem contigo! Profundo seus sentimentos, pois na verdade não temos como ser totalmente feliz, com tantas diferênças, desiguadades, desamor,etc. Más Sótnas, viver no bem, repartir e acreditar num novo tempo nos ajuda a viver. Obrigada por partilhar esse sentimento, que é uma grande reflexção! Desejo um 20014 de paz, saúde e alegrias para vc e todos os seus. Querido amigo que continuemos juntos com vc nesse novo ano! Um grande abraço e muito carinho para vc.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Que neste novo ano, vc seja feliz por INTEIRO. :D
    Esse é meu novo blog... pode deletar este antigo: www.lisysantos.blogspot.com
    AbraçãO

    ResponderExcluir
  9. Um excelente texto para se pensar neste início de ano, abraços Lisette.

    ResponderExcluir
  10. OI AMIGO QUERIDO
    Sábias palavras.Boa noite
    Que seus sonhos sejam lindos!

    "Sempre haverá um novo amanhecer.
    A estrada pode ser longa.
    O caminho pode ser estreito
    Desistir são para os fracos
    Persistir são para os determinados
    e prosseguir são para os que tem vontade de viver".
    Paz e Luz!
    Um feliz começo de semana. Com carinho
    Ana

    ResponderExcluir
  11. Meu caro Sotnas
    O seu texto poético revela grande sensibilidade para a actual conjuntura em que vivemos.
    A verdade é que ninguém pode ser totalmente feliz vendo o que se passa à sua volta.
    Há muita injustiça, os bens essenciais não estão à disposição de todos, e os responsáveis só olham para o próprio umbigo, não lhes importando as condições miseráveis em que tanta gente tenta (sobre)viver.
    Tenhamos fé em que um dia, que desejamos não seja muito longínquo, a situação mude e passe a haver uma melhor distribuição da riqueza que existe no mundo (porque ela existe, mas está só na mão de alguns...)

    Um muito feliz 2014!
    Beijinhos
    Mariazita
    (Link para o meu blog principal)


    ResponderExcluir
  12. Adorei ler o seu texto, cheio de sentimento e emoção.
    Viva, eu sou a D.
    Passo muitas vezes pelo seu Blog e gosto muito.
    Gosto de literatura, poesia, fotografia, culinária...
    Gosto de história e de escrever sobre tudo o que me vem à cabeça
    Gostei daqui.
    Xi-<3 D


    http://acontarvindodoceu.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  13. Caro amigo

    A felicidade coletiva
    é a mais verdadeira.
    Para os religiosos significa fé.
    Para os não religiosos significa humano.
    Penso que ser feliz
    é algo que nos torna incompletos,
    pois felicidade é um pássaro que voa
    amparado em outras asas.
    Parabéns pelo texto.

    Desejo aos que amo, não bens materiais,
    mas alegria...
    A mais plena alegria...

    ResponderExcluir
  14. Meu amigo

    Um texto cheio de amor e fraternidade pelos seus semelhantes que nada têm e que infelizmente são tão esquecidos. Muita sensibilidade nas suas palavras.
    Desejo um Feliz 2014, cheio de amor e paz, junto de todos os que ama.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  15. Maravilhoso texto. É bom que a poesia se lembre dos que nada têm.
    Desejo que esteja bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  16. Bom dia, querida Ailime
    Muito obrigada pela presença na minha «CASA» e pelas tuas palavras elogiosas. Sabe tão bem verificar que as pessoas gostaram do que fizemos, não é verdade!?
    A maior parte das vezes os sonhos são bem mais agradáveis do que a realidade. Penso que é por isso que recorremos tanto a eles, como forma de nos ajudarem a suportar as agruras da vida.
    Beijinhos
    Mariazita
    (Link para o meu blog principal)

    ResponderExcluir
  17. Meu amigo Ubaldo como sempre mandando bem nas poesias sempre tem um texto ótimo para
    a gente ler aqui e ótimas fotos eu aproveitei e fiz uma propaganda lá no minha pagina Quase Tudo de vc...

    Um grande abraço...

    ResponderExcluir
  18. Sotnas, li seu texto com um pouco de tristeza, pois penso que todos somos um pouco pela metade.É impossível dizer ou afirmar :- sou totalmente feliz, mas o que importa é sabermos o que nos aflige. Belo poema. Grande abraço!

    ResponderExcluir
  19. Meu amigo

    Passando para agradecer a visita carinhosa e deixar um beijinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  20. Olá, Amigo. Tudo bem!! Desejo que vc tenha uma linda tarde e semana. Ando um pouco ausente por motivo de saúde, Saudades amigo! Meu carinho sempre e até mais. Bjos!

    ResponderExcluir
  21. Amigo
    desculpa a minha ausência ando seu vontade de escrever perdi uma pessoa que era uma amiga e uma mãe de coração . Ela faz um trabalho lindo ajudando as pessoas carentes sempre dando colo . Não esqueci os amigos. logo,logo que esta dor passar tento voltar. Um beijinho no teu coração.

    ResponderExcluir
  22. Bom dia Sotnas, que seu ano seja iluminado pelo sucesso.... seu poema esta perfeito ... Bjks

    ResponderExcluir
  23. Puxa vida Sontas, você fala pela poesia aquilo que não sabemos dizer.
    A narrativa poética é magnífica! A foto acompanha a poesia. Abraço

    ResponderExcluir
  24. Bom dia, Sotnas. Um maravilhoso poema.
    Felicidade é um sentimento que devemos procurar sentir pela metade, mas na realidade, não se é totalmente feliz, mas o fato de estarmos vivos é um motivo sagrado de agradecermos a Deus.
    É claro que fingir felicidade não é a solução, mas sim busca-la dentro de nós!
    Desejo um excelente 2014 para você com muita paz, saúde, amor, fé e felicidade!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  25. CORREÇÃO: "FELICIDADE É UM SENTIMENTO QUE DEVEMOS PROCURAR NÃO SENTIR PELA METADE."

    ResponderExcluir
  26. Meu amigo

    Passando para deixar um beijinho e desejar que esteja tudo bem consigo.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  27. Meu caro Sotnas
    Muito, muito obrigada por suas palavras e opinião expressas na minha «CASA».
    É sempre tão gentil e atencioso! Sinto-me muito bem quando o "vejo" por lá.

    Continuarei a passar por cá a ver se há novidades...
    Até lá... desejo tudo de bom para si e família, dias muito felizes, com muita saúde e muito Amor.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  28. Olá, estimado amigo, Stonás!

    Que tudo esteja bem com você, mulher, filhos e restante família.

    No Brasil, muito calor, e por aqui, muito frio e chuva.

    Já sabia que não havia texto novo, aqui, mas há muito tempo, que eu não passava por seu espaço, mais propriamente, um mês e um dia, devido às minhas ocupações profissionais, que o não têm p não o permitido.

    Quero desejar-lhe uma boa semana, e dizer-lhe que no "Luzes e Luares" há novo poema. Quando pretender, apareça, mas sem pressas. Obrigada.

    Um carinhoso abraço para você.

    ResponderExcluir
  29. Stonás,

    Dou imensa importância ao aspeto interior e exterior de algo ou alguém. Isso para dizer a você que, quando acedo a seu blog, fico deslumbrada com o plafond, que surge logo no início do mesmo. Adoro luz, brilho e glamour.

    Dias bem felizes.

    ResponderExcluir
  30. ... a felicidade plena essa, será para quem acreditar na eternidade e fizer por merecê-la!
    Abraço muito grato pelas sua visitas amigas! Volte sempre, agora, de novo, no blogger!

    ResponderExcluir

POSTAGENS